sexta-feira, 8 de abril de 2016

Skafe Cosméticos inaugura novo Centro de Distribuição em Queimados



Para acompanhar o crescimento de suas atividades, a Skafe Cosméticos, empresa especializada na beleza capilar da mulher brasileira, que fabrica produtos para cabelos cacheados, coloração e hidratação, investe em​ um novo Centro de Distribuição, que será inaugurado no dia 11 de abril, às 17h horas, com um coquetel para colaboradores, parceiros comerciais e amigos.

Em uma operação planejada há mais de um ano, a Skafe vai transferir toda sua estrutura, localizada na Pavuna, para uma sede própria, no Distrito Industrial em Queimados.

O novo Centro de Distribuição é direcionado para as vendas de beleza capilar, que são distribuídas para todo o Brasil e, também, exterior. Com a mudança, o espaço para armazenamento foi ampliado para 4 mil m².

A escolha do município de Queimados, na Baixada Fluminense, foi logisticamente pensada, pois a fábrica da empresa está em Nova Iguaçu. Entre os benefícios que a região oferece, está a proximidade com vias importantes como a Dutra e o Arco Metropolitano.

Para os sócios Ivan Barroso e Manoel Torres, o novo Centro de Distribuição vai melhorar a logística da Skafe Cosméticos, permitindo um controle mais eficiente do estoque.

“Estamos felizes com essa conquista e acreditamos que, com uma infraestrutura melhor dimensionada, podemos suprir a demanda crescente do mercado, além de fomentar a economia da região”, destaca José Mauricio Silva, Controller da empresa.

Atualmente, a Skafe conta com 240 funcionários na fábrica e cerca de 25 no Centro de Distribuição. A empresa investe em ações sustentáveis. Uma delas é a campanha interna para o reaproveitamento do óleo de cozinha. A cada 20 litros de material doado, o colaborador ganha um produto de limpeza reciclado. Além da contribuição dos funcionários, o óleo utilizado na fábrica também é reutilizado.

Outra ação é o tratamento de todo o resíduo gerado pela produção da fábrica. Com o intuito de minimizar os impactos ambientais, os detritos passam por um tratamento físico, químico e biológico antes de serem direcionados à estação de esgoto. Toda a operação é baseada nas normas do INEA, Instituto Estadual do Ambiente.

O plástico e o papelão das embalagens que não são aproveitados são encaminhados para a reciclagem e reaproveitados para outras finalidades.

“Estamos cada vez mais engajados em ações socioambientais e acreditamos nos benefícios dessas atitudes”, comenta a gerente de Marketing, Nephertiti Monteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário