terça-feira, 11 de outubro de 2016

Estreia da peça 'Jacques e a Revolução'



A peça “JACQUES E A REVOLUÇÃO ou Como o criado aprendeu as lições de Diderot”, estreou nesse fim de semana, em grande estilo, pode contar com a presença de autor Ronaldo Lima Lins e do diretor Theotonio de Paiva. E com direito à estreia lotada, a temporada fica até 30 de outubro, no Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas, em Santa Teresa.

- A obra soa como uma expressão premonitória dos tempos atuais. Num confronto bem humorado, “Jacques” e o “Empresário”, passam em revista as suas próprias histórias, ambições e derrotas. Escrita num momento diverso, porém igualmente perturbador, ao final dos anos 1980, no início do processo de democratização do país, à época da queda do muro de Berlim, “Jacques e a Revolução ou Como o criado aprendeu as lições de Diderot”, ou seja, um instigante texto, que leva à reflexão...

No elenco, estão Abílio Ramos, Ana Luiza Accioly, Katia Iunes e Luiz Washington. A trilha sonora leva a assinatura do maestro Caio Cezar e Christiano Sauer. Marianna Ladeira e Thaís Simões assinam a direção de arte e Carmen Luz a direção de movimento e preparação corporal. A iluminação é de Renato Machado. Designer gráfico Nicholas Martins, fotos de MarQo Rocha e Flávia Fafiães. O texto ganhou o Prêmio Maurício Távora – 1989 / Secretaria de Cultura do Estado do Paraná.

Nenhum comentário:

Postar um comentário