terça-feira, 22 de novembro de 2016

Jornada Brasileirafro homenageia a cultura africana



Até o dia 29 de novembro, a UNISUAM realiza a VII Jornada Brasileirafro, que tem como objetivo valorizar a influência da cultura africana na construção da identidade brasileira. O evento, que é aberto ao público e gratuito, terá atividades culturais e palestras que visam discutir as variações da cultura afro-brasileira, suas forças, crenças e espaços na formação da sociedade brasileira.

Durante todo o Brasileirafro, fica em cartaz, no Centro Cultura da UNISUAM, a exposição “Raízes Africanas”, que reúne 29 registros feitos pelo fotojornalista Rui Zilnet. Nas imagens, manifestações da Cultura Popular de Matriz Africana, com grupos de capoeira, danças populares e religiosidade, tomando conta das principais ruas da cidade do Rio de Janeiro e municípios vizinhos da baixada fluminense e Niterói.

Ao longo do evento, estão previstas palestras sobre diversos temas. Entre elas, estão: A influência da medicina tradicional africana na farmácia brasileira”, “Tua Cor é o que eles olham: Velha Chaga” e “As comunidades quilombolas do estado do Rio de Janeiro e os desafios para o alcance da cidadania no século”. A “Quem dança seus males espanta: a formação do povo brasileiro” também faz parte da programação.

As atividades se dividem entre as unidades Bonsucesso (Av. Paris, 84) e Campo Grande (Cesário de Melo, 2.571) da UNISUAM. A programação completa está no site da UNISUAM (www.unisuam.edu.br).

Serviço:

VII Jornada Brasileirafro

Quando: de 21 a 29 de novembro

Onde: UNISUAM – Unidades Bonsucesso (Av. Paris, 84) e Campo Grande (Cesário de Melo, 2.571).

Programação completa em www.unisuam.edu.br

GRATUITO

Nenhum comentário:

Postar um comentário