quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Cirurgia plástica no verão requer cuidados redobrados


O verão começa na próxima quarta-feira, e para curtir tudo o que o verão oferece, muitos pacientes procuram os consultórios médicos para a realização de uma intervenção-cirúrgica. Mas, o que muitos não sabem é da necessidade de evitar a exposição ao sol para uma boa recuperação, o que causa grande frustração em muitos pacientes em que sonham em aproveitar a praia nessa época do ano. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, os meses de dezembro, janeiro e fevereiro têm grande procura nos consultórios de todo o país, um incremento de 30% a 50%.

Entre as intervenções cirúrgicas mais procuradas nesta época, encontram-se: botox e preenchimento, além de abdominoplastia com lipo e cirurgia das mamas. Outro procedimento que tem tido enorme procura é a Otoplastia (cirurgia de orelha de abano).

Segundo o cirurgião-plástico e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Doutor Flávio Távora, a exposição solar é proibida aos pacientes recém-operados para que não haja uma cicatrização de má qualidade, além dosurgimento de manchas na pele.

“É necessário que o paciente siga as ordens dadas pelo cirurgião, para que a recuperação seja a melhor possível. Pedimos para evitar o sol após uma cirurgia, porque no calor ocorre a vasodilatação que pode aumentar a chance de hematoma, além do fato de que a exposição direta das equimoses (roxas) pode gerar manchas definitivas. Logo, todo cuidado é necessário”, afirma.

O profissional aconselha ainda que realizar exames pré-operatórios e comparecer a consulta para a realização de risco cirúrgico é imprescindível. Vale lembrar que toda intervenção cirúrgica deve ser feita em ambiente hospitalar devidamente equipado. Verifique se o médico escolhido é especializado e cadastrado junto à Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário