sábado, 4 de fevereiro de 2017

Do Piauí, Eletrique Zamba vai do samba ao eletrônico com o disco Vol. I



Vol. I ganha lançamento pelo coletivo Geração TrisTherezina

Enfileirando a infantaria do coletivo Geração TrisTherezina do Piauí, o Eletrique Zamba chega com bastante munição, estreia seu debut intitulado “Vol. I” e ataca em várias frentes como a do samba de morro, o batuque de terreiro, o reggae roots, a música eletrônica e claro, o pop.

Com o trabalho, o grupo mostra quanto a música do Piauí é, possivelmente, a mais mestiça do Brasil e consolida assim a diversidade de ritmos como uma das principais características dessa turma piauiense, haja vista os lançamentos de 2016 da banda Cianeto HC, entre o hardcore e o ska, e Valciãn Calixto misturando Spoken Word, Marcha-Ranço, Space Rock e Axé.

Idealizado durante a estadia de Fábio Crazy em Amsterdã por 13 anos, a Eletrique Zamba ganhou força durante uma viagem a Cuba e se concretizou com o retorno do vocalista a Teresina. Essa confluência de culturas influenciou e pode ser percebida nas canções do Vol. I. De volta ao Piauí, o Eletrique ganhou corpo com a incorporação de Lívio Nascimento (guitarras, violão e backing vocals) ao projeto.

Juntos, Fábio e Lívio já vararam apresentações pelo interior do Piauí e na capital testando e curtindo o intimismo e a explosão que o repertório do disco evoca. A voz ora rouca, ora malandra de Fábio é ambientada pelas guitarras swingadas de Lívio. O debut traz citações diretas a nomes como Gilberto Gil, Peter Tosh, Wilson Batista e traz a reboque, num mashup em uma das faixas, a temática da maconha e sua liberação no Brasil com depoimento de Gil quando de sua prisão em 1976.

Não bastasse todos esses elementos, o Vol. I da Eletrique Zamba conta também com participações de músicos piauienses como Elayne Leo Neo, Fagão, Bruno Moreno, Thiago Cabral, Roraima que gravou o disco, também Arthur Raulino, responsável pela mixagem e masterização do trabalho no ATM Estúdio. O projeto gráfico ficou a cargo de Alexandra Lima, o Xixa. O álbum pode ser baixado gratuitamente ou com qualquer valor pelos bandcamps da Eletrique Zamba ou da Geração TrisTherezina. Zambe-se!

Eletrique Zambe - https://bandaeletriquezamba.bandcamp.com/album/vol-i

Clipe – De Volta Ao Pó - https://www.youtube.com/watch?v=Mf15HuDwiys

Face Eletrique - https://www.facebook.com/EletriqueZamba/

Nenhum comentário:

Postar um comentário