sexta-feira, 28 de abril de 2017

Pier Mauá transforma guindastes históricos em ponto turístico



O Pier Mauá ganhou nesta quinta-feira (27) mais um ponto turístico. Isso porque foram reinaugurados dois guindastes datados de 1968 recém-restaurados que prometem abrilhantar ainda mais o local. Tombados pelo município, por sua integração aos armazéns do Porto, os equipamentos receberam tratamento especial da Concessionária. O projeto de iluminação é assinado pela designer Mônica Luz Lobo.

A solenidade contou com a presença do presidente do Pier Mauá, Luiz Antonio Cerqueira, diretora-geral do Pier Mauá, Denise Lima, diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro (Cdurp), Antônio Carlos Barbosa e a designer Mônica Lobo.

De acordo com Denise Lima, o projeto de restauração e iluminação destes guindastes valoriza a região do Porto e resgata sua importância para a cidade do Rio ser o que é hoje.

Os equipamentos que ajudaram a construir a história econômica e sociocultural da cidade com a atividade portuária, não operam há pelo menos 20 anos. Chegaram na década de 50 e na época foram trocados por sacas de café. Os guindastes estão desativados por terem se tornado obsoletos frente às novas tecnologias e estão espalhados por toda a costa brasileira, de Manaus até Rio Grande.

Com o investimento de R$ 200 mil, o projeto de restauração levou 11 meses para ser concluído. A utilização de lâmpadas LED de alta eficiência permitiu manter o consumo de energia total por guindaste em torno de 720 watz, mínimo para uma estrutura deste porte, enquanto o normal seria em média 4 mil watz.

“A ideia e o conceito da iluminação foi a de revelar a estrutura e sua imponência de escala com iluminação branco quente, conferindo ainda alma e vida por meio da iluminação com troca de cor na cabine e haste de carga. Com este recurso, a estrutura se comunicará com a cidade, homenageando datas específicas e proporcionando um espetáculo visual para visitantes da área”, explica Mônica Lobo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário