segunda-feira, 8 de maio de 2017

Kindle é a agência responsável pela campanha publicitária da nova exposição temporária do Museu do Amanhã



Com o conceito "todo brasileiro tem um pouco de gênio", a agência Kindle desenvolveu um plano de mídia para a nova exposição do Museu do Amanhã, Inovanças – Criações à Brasileira, que tem o patrocínio da Finep. Para divulgar a mostra que aborda a criatividades e capacidade de superação de brasileiros inovadores, já está no ar uma landing page no site do Museu do Amanhã e ainda está prevista mídia online (mídia programática) e offline (com mobiliário urbano no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília). Todas as peças convergem para a landing page que facilita o acesso às informações da exposição e a compra de ingresso.

"O Museu Amanhã recebeu 1,5 milhão de visitantes no ano passado. É o equipamento cultural com o maior número de visitantes espontâneos do país, o que por si só já é um desafio e tanto. Mas Inovanças nos dá a oportunidade de ir além da gestão de ativos para a produção e promoção de conteúdo científico cultural de qualidade, ajudando a estabelecer um canal de comunicação ainda mais consistente, amplificando o diálogo com os nossos visitantes e reiterando a proposta original de mostrar que um museu pode ser sim um espaço divertido, inclusivo e contagiante para públicos de todas as gerações”, reforça Rafael Veras, gerente de Comunicação do Museu do Amanhã, completando que Inovanças corrobora com essa vocação e convida o visitante a conversar de maneira simples sobre temas complexos e profundos como o incentivo ao pensamento de inovação.

Essa é a primeira exposição concebida integralmente pela equipe do Instituto de Desenvolvimento e Gestão – IDG, instituição que administra o Museu do Amanhã. Serão exibidas cerca de 40 iniciativas, do high ao low tech (tecnologia social), segmentadas em sete áreas: Pyahu-Açu (grande novidade em tupi-guarani), Inovanças, Errâncias, Brasilianxs, Inexspectata (imprevisto em latim), Impromptu (improviso em latim), Awani jö (do iorubá, estamos juntos).

" O objetivo da Kindle foi evidenciar o potencial do brasileiro - qualquer brasileiro - de ter ideias que transformam o mundo e a vida das pessoas. Queremos que os visitantes se vejam como pessoas tão inovadoras quanto às celebradas na exposição”, revela Bruno Chamma, um dos sócios da agência Kindle.

Na exposição serão apresentadas embalagens 100% biodegradáveis; esponja reutilizável para separar óleo de água; aplicativo HandTalk, que converte fala em para linguagem de sinais, entre outras criações. Além de brasileiros desconhecidos do grande público, também há homenagens a figuras pioneiras como Tia Ciata, Heitor Villa Lobos e Tarsila do Amaral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário