quinta-feira, 27 de julho de 2017

23º Festival de Crustáceos e Frutos do Mar de Barra de São João



De 28 a 30 de julho, na Beira-Rio. Culinária, artesanato, música e cultura no paraíso.

Um lugar inesquecível, uma paisagem estonteante, um ambiente acolhedor e mesas bem postas na beira de um rio! Este paraíso, que soma suas belezas naturais com gastronomia caiçara, fica em Barra de São João, distrito de Casimiro de Abreu, na margem do Rio São João, entre Búzios, Cabo Frio e Rio das Ostras (via paralela à RJ-106).

Cenário perfeito para a 23ª edição do Festival de Crustáceos e Frutos do Mar de Barra de São João que será realizado neste fim de semana, do dia 28 ao dia 30 de julho, na Rua Bernardo Gomes. Conhecido como Beira-Rio, o local é um convite para desfrutar receitas diferenciadas entre árvores centenárias, casarios antigos e um esplendoroso pôr do sol.

E como em terra de poeta tudo é verso e rima, a programação do 23º Festival contemplará culinária, artesanato, música e cultura. De sexta, às 19h, até a meia-noite de domingo, o evento oferecerá ao público dez estandes com 30 mesas, cada, onde os 10 restaurantes participantes servirão pratos especiais ao preço único de R$ 20. No domingo, a novidade será a degustação do saboroso guaiamum, um caranguejo típico da região servido com farinha, feijão preto e pimenta.

Nos três dias cerca de 10 bandas regionais de MBP e Pop Rock se apresentarão no palco principal e no tablado montado próximo aos restaurantes. Única apresentação de fora, a Banda Faixa Etária faz show na sexta, às 23h, com clássicos do Rock nacional e internacional. Além da boa música e das receitas tentadoras, o público poderá adquirir lembranças produzidas pelos artistas locais na Feira de Artesanato.

Entre as atividades culturais organizadas pela Fundação Cultural Casimiro de Abreu, haverá apresentação teatral, coral, contação de histórias, workshop de dança e desenho; e visitação ao Museu de Casimiro de Abreu, antiga casa de negócios do pai do poeta, que nasceu em Barra de São João e viveu apenas 23 anos (1837-1860).

Segundo o secretário municipal de Turismo de Casimiro de Abreu, Victor Varela, após dois anos sem promover a festa é uma alegria retornar com o mais importante evento gastronômico do município, em parceria com a iniciativa privada e valorizando os “talentos da terra”. O advogado e proprietário do Restaurante O Caiçara, Durval Fagundes, sobrinho da escritora Lygia Fagundes Telles, está à frente do projeto para transformar a Beira-Rio em centro gastronômico e cultural. E seu empenho vale a pena! Da Beira-Rio, entre quitutes, música e muita prosa, é possível avistar o imponente Morro São João (800 m) e curtir um passeio pelo extenso Rio São João (22 km).

Nenhum comentário:

Postar um comentário