terça-feira, 18 de julho de 2017

Curta-metragem 'O Florista'



Premiado, o estiloso curta sul-mato-grossense debate homofobia e estimula reflexão sobre crime e preconceito em um filme de suspense

“O Florista” já foi exibido em festivais no Brasil e exterior está disponível no Youtube

Atual, intenso e um verdadeiro espelho da realidade. Assim é o filme O Florista, produção sul-mato-grossense lançada em 2012, que no conceito “a arte imita a vida”, atinge alguns dos pontos mais polêmicos da sociedade: a homofobia, a ausência de humanidade e o senso de que” cada um pode fazer justiça com as próprias mãos”.

Cinco anos após ser lançado, o curta de 18 minutos que despertou a atenção da crítica mundial no último dia 28 de junho – Dia do Orgulho LGBT (Lésbicas Gays Bissexuais Transsexuais) o filme foi disponibilizado ao grande público por meio da plataforma de vídeo Youtube, logo após apresentação gratuita no MIS (Museu da Imagem e do Som), em Campo Grande (MS).

Após a exibição, aconteceu debate sobre crimes, homofobia e justiça, com o diretor do curta Filipi Silveira, a produtora executiva Rose Borges, o jornalista, Guilherme Cavalcante, o sub-secretário de Políticas Públicas LGBT de MS, Frank Rossatte do psicólogo do Centro de referência em direitos humanos de prevenção e combate à Homofobia (CentrHo), Arthur Serra Galvão, além da ampla participação popular.

Nenhum comentário:

Postar um comentário