quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Eventos culturais agitam a Zona Norte do Rio




O Centro Universitário Celso Lisboa, no Engenho Novo, na Zona Norte do Rio, oferece, em setembro, uma extensa programação cultural para a comunidade, com apresentações teatrais, lançamento de livro, oficinas literárias, cinema, música e gastronomia.

Para dar início às atividades, estreia no dia 01 de setembro a peça “Professor Rococó”, com montagem de Regis de Sóri. A trama acontece durante uma aula de História do Brasil, onde Rococó, um professor aposentado, corteja sua aluna, Espoleta, em meio a um passeio pelo Período Colonial Brasileiro.

As investidas são atrapalhadas pela mãe de Espoleta, a viúva Castorina, que sente uma forte paixão pelo Professor Rococó e deseja a qualquer custo um novo marido. No decorrer do espetáculo, são pontuados os gêneros musicais, danças da cultura brasileira, o futebol e o café.

O espetáculo acontece nos dias 01, 15, 22 e 29 de setembro, sempre às 20h. Os ingressos custam R$ 20,00 (inteira) e podem ser adquiridos na tesouraria do Centro Universitário Celso Lisboa.

Universo Perfeito de Imperfeições
A pedagoga e professora Bianca Glaciano irá lançar, às 18h30, no dia 04 de setembro, o livro ‘Universo Perfeito de Imperfeições’. O livro expõe o seu grito de desespero sobre a solidão, da necessidade de perfeição e da angústia de querer se encaixar e de ser aceita. Após muitas lutas contra o câncer, Bianca encontrou forças, portas e oportunidades no papel para sua cura e, assim, nasceu esse suspiro.

No dia do lançamento, o público contará também com uma oficina, na qual os participantes poderão se expressar individualmente e em conjunto por meio de vários exercícios poéticos. O lançamento, junto com a oficina, também acontecerá no dia 11 de setembro, no campus Centro, no mesmo horário.

Situação carcerária feminina em debate
Para fechar o mês, nos dias 28 e 29 de setembro acontece a 4ª edição do evento Cultura & Bate-papo, que colocará em discussão a situação da vida das mulheres que são tratadas como seres não humanos nas penitenciárias femininas do Brasil. Superlotação e alimentação vencida se tornam problemas menores quando mulheres grávidas são submetidas a torturantes interrogatórios, falta de atendimento médico antes/durante o parto e quando o tratamento higiênico é o mesmo das penitenciárias masculinas.

Esses e outros temas serão abordados através de documentários, palestras com pesquisadores e defensores do tema, além de uma roda de conversa que propõe um olhar crítico sobre capacidade funcional do sistema carcerário brasileiro.

Serviços:

“Professor Rococó”
Datas: 01, 15, 22 e 29 de setembro, às 20h
Duração: 70 minutos
Gênero: Comédia
Faixa etária: 16 anos
Local: Centro Universitário Celso Lisboa - Auditório Martins Filho (3º andar do Bloco A)
Endereço: Rua Vinte e Quatro de Maio, 797 Engenho Novo – Rio de Janeiro
Inteira: R$20,00
Meia: R$10,00

Ficha Técnica:
Texto e direção: Régis de Sóri
Elenco: Felipe Taborda, Regina Marçal e Luana Lopes.
Cenário e figurino: Grupo Tanamão
Iluminação: Eduardo Basser
Sonoplastia: Coletivo
Produção executiva: Regina Marçal

“Universo Perfeito de Imperfeições”
Datas: 04 e 11 de setembro
Evento gratuito - Sem necessidade de inscrição
Horário: 18:30, nos dois dias
Locais: Dia 4: Salão Nobre do Centro Universitário Celso Lisboa – Unidade Engenho Novo, localizado no 2º andar do Bloco A. Endereço: Rua Vinte e Quatro de Maio, 797 – Engenho Novo.
Dia 11: Biblioteca do Centro Universitário Celso Lisboa – Unidade Centro, localizado no 2º andar. Endereço: Rua Sete de Setembro, 66 – Centro.

Cultura & Bate-papo: situação carcerária feminina em debate
Datas: 28 e 29 de setembro, a partir das 13h
Evento gratuito - Sem necessidade de inscrição
Local: Teatro do CCJF – Centro Cultural da Justiça Federal (Av. Rio Branco, 241 – Centro)
Inscrições pelo site da Celso Lisboa + 1 pacote de absorvente

Programação:

Dia 28/09, quinta-feira

13h - Doc. "Se eu não tivesse amor". Mesa de debate com Geysa Chaves (Diretora do documentário), Joyce Louback (Cientista Social), Odete Firmino (Linguista) e Vê Barbosa (Atriz e Psicóloga).

15h30 - Intervalo Musical com o Coral Canta Celso, nas Escadarias do Centro Cultural.

16h - Palestra sobre o projeto "Chegando Junto - O método de Design Thinking na melhoria da qualidade de vida na penitenciária feminina "Talavera Bruce" com Carla Albuquerque e Suzana Amora.


18h – Encerramento

Dia 29/09, sexta-feira

13h - Palestra "Contando e Recontando Histórias" com Márcia Badaró, psicóloga que trabalhou por 30 anos na Secretaria de

Administração Penitenciária do Rio de Janeiro. Haverá venda de livros da psicóloga e autora no local.

15h – Intervalo Musical

15h30 - Palestra "Meninas em Privação de Liberdade" com o Grupo "Elas Existem", formado por mulheres que lutam para dar a voz aos problemas vividos pelo universo feminino nas cadeias do país.

17h30 - Intervalo


18h - Roda de Conversa "A Capacidade Funcional do Sistema Carcerário Brasileiro - Uma crítica de vários lados" com a presença dos advogados Vanessa Lacerda e Ramon, da psicóloga jurídica Neilza Alves.


20h - Encerramento Gastronômico

Nenhum comentário:

Postar um comentário