quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Mobilização pela Estudantina




Mobilizados por Carlinhos de Jesus, dançarinos e empresários da Cultura realizaram um ‘dançaço’ na Praça Tiradentes, na manhã desta quinta-feira (19). O grupo protestava contra o fechamento da Gafieira Estudantina, que recentemente fechou as portas após 75 anos de história, com dívidas de aluguel. O Patrimônio Cultural na Praça Tiradentes é famoso por noites dançantes e já foi retratado em novelas. Mas o clima não foi de choro, nem vela. Em frente à fachada da casa, dançarinos encenaram uma bonita e alegre dança de salão.

Dono do Lapa 40 graus e da Escola de Dança Carlinhos de Jesus, o dançarino lembrou que a Estudantina é muito mais que um reduto da dança. É um espaço de cultura de nossa cidade. Já o empresário Plínio Froes, do Grupo Scenarium, que têm três empreendimentos na rua do Lavradio, incluindo o tradicional Rio Scenarium, lembrou que o ponto é o berço da boemia, e pediu que as autoridades olhem para a região com carinhos, para evitar o fechamento de outras casas icônicas, como foi o caso recentemente do bar Semente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário