terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Abrigo Animais Aumigos pede ajuda para tratamento de cadela com hidrocefalia



Mais um desafio chegou às portas do Abrigo de Animais Aumigos: uma fêmea da raça husky siberiano, portadora de hidrocefalia e desvio de cerebelo. Safira, como foi nomeada por Gilce Santana, responsável pelo Abrigo, foi acolhida após um anúncio em um site de compras online pelo valor de R$ 250, e agora luta para sobreviver.

“Depois de pagarmos o valor estipulado no anúncio, realizamos uma bateria de exames para entender a razão da sua dificuldade física até que ela foi diagnosticada com hidrocefalia”, conta Gilce, que batalha diariamente para abrigar, cuidar e alimentar mais de 200 outros animais, entre cães e gatos.

Gilce relata que, antes do diagnóstico de hidrocefalia, mais de 1.400 pessoas demonstraram interesse em adotá-la. Porém, agora todos desistiram. “O nosso desejo é que mãos amigas e solidárias abracem essa guerreira e estendam seu apoio à Safira”, afirma.

Safira aguarda doações e apoio para a realização de cirurgia na tentativa de correção do problema de saúde. Após a sua recuperação, Safira aguardará um lar amoroso e responsável para alegrar. “Pedimos que aqueles que se sensibilizarem com a situação dela que faça doações em nossas contas e que depois abram espaço e coração para acolher Safira e dar todo o amor que ela merece”, pede Gilce Santana.

Para acompanhar o trabalho realizado pelo Abrigo de Animais Aumigos, siga a página no Instagram @abrigoanimaisaumigos.

Qualquer pessoa, em qualquer época do ano, pode ajudar o Aumigos. A colaboração pode ser por depósito em conta (ver dados abaixo). Há, ainda, a possibilidade de doar produtos – ração, materiais de limpeza, agasalhos, medicamentos, entre outros. Mais informações pelo telefone (71) 9 9324-9485.

História

Localizado no bairro de Jardim das Margaridas, em Salvador, o espaço conta com a ajuda de voluntários para conseguir se manter e seguir realizando esse trabalho de amor e caridade.

São mais de 200 cachorros e gatos cuidados pelo Abrigo. O critério para fazer parte são os animais em risco de vida, de morte ou com doença crônica.

Através da doação de dinheiro, ração, agasalhos, toalhas, materiais de limpeza e fraldas descartáveis, Gilce, com muita dificuldade, consegue proporcionar um ambiente de proteção, cuidado e amor aos bichinhos, que fazem todo o acompanhamento veterinário necessário. Todos realizam hemograma, para identificar possíveis doenças, são vermifugados, castrados, vacinados e depois ficam disponíveis para adoção responsável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário