Header Ads

  • Últimas Notícias

    Lorena Lourenço faz sucesso nos EUA com o filme Joy



    A cineasta Lorena Lourenço ganhou o prestigioso Prêmio de Mérito na categoria de Mulheres Cineastas do Prêmio de Cinema IndieFEST, em San Diego com seu novo curta, "Joy". O filme também abriu o Festival Internacional de Cinema de Pasadena, PIFF, e o Festival Internacional de Cinema Julien Dubuque, JDIFF, neste Lorena foi convidada ao painel Dubuque Inclusivo, para falar sobre o "Joy" e sua carreira.

    O curta-metragem experimental, “Joy”, explora de maneira única a dicotomia entre as aflições de uma mulher imigrante nos EUA, contra a polidez, com a qual ela se sente compelida a se apresentar. "Joy" foi escrito, dirigido e editado por Lorena, apresenta a atriz Joy Sunday, imagens do diretor de fotografia Alex King, trilha sonora do compositor brasileiro Thiago Muller e A.P. Kyburz e foi produzido por Brewster McCann.

    Na apresentação de Joy, Lorena Lourenco deixou sua mensagem: “É uma honra extrema receber este prêmio como o resultado das minhas experiências pessoais. Eu fui impelida ao ostracismo por ser mulher, latina e imigrante. Cansada dessa dinâmica, resolvi usar o cinema de modo a delinear claramente minha identidade, então, 'Joy' se tornou a manifestação cinematográfica desse empoderamento."


    Com a nova onda de feminismo interseccional, trazida à vida pelo movimento #metoo e a atual formulação de políticas racistas e xenófobas nos EUA, "Joy" e a perspectiva de Lorena Lourenço não poderiam parecer mais oportunos. Lorena, então, assume a sua causa com seu curta, que continua no circuito internacional de festivais de cinema.


    Os festivais IndieFEST, o JDIFF e o PIFF


    O IndieFEST Film Awards reconhece profissionais de cinema, televisão e novas mídias que demonstram realizações diferenciadas em criatividade, e aqueles que produzem entretenimento de destaque ou contribuem para mudanças sociais profundas.


    O Festival Internacional de Cinema Julien Dubuque é dedicado a enriquecer a comunidade e unir culturas através da educação e promoção das artes com filmes independentes relacionados a causas sociais.


    O Festival Internacional de Cinema de Pasadena é o único festival de cinema competitivo em Pasadena, Califórnia, e tem como objetivo levar o cinema independente inovador a uma cidade conhecida por seu amor pela cultura e pelas artes. Os filmes que venceram na PIFF passaram a ganhar o American Pavilion do Festival de Cinema de Cannes, no qual Lorena estreou o seu primeiro curta, "Pedagogia".


    Para mais informação ligue para Lilian Maffei (21) 98512-1959 ou visite o site www.lorenalourenco.com/joyshortfilm/.

    Um comentário:

    1. Essa moça tem estrela! Vai longe. Abraçou causas sociais fortes. Imigração, racismo, mulheres....

      ResponderExcluir

    Post Top Ad

    Post Bottom Ad