segunda-feira, 23 de julho de 2018

Música e poesia na Sala Cecília Meireles - De Villa Lobos a Piazzolla



Uma noite de música e poesia homenageando gênios brasileiros e argentinos comandada pelo baterista argentino Roberto Rutigliano que celebra 30 anos no Brasil. Com Paulo Sergio Santos (clarinete), Fernanda Canaud (piano), Caio Marcio Santos (violão), Rutigliano dedica o primeiro set a ­Villa-Lobos e Manuel Bandeira. No segundo set, sobe ao palco o grupo "Tango Jazz" com Márcio Sanches (violino e declamação), Alexandre Carvalho (guitarra), Facundo Estefanell (contrabaixo), Marcelo Martins (sax) e Rutigliano (bateria) homenageando Piazzolla e Borges. Dia 27 de julho, às 20h, 2 sets de 45 minutos com intervalo de 15 minutos, na Sala Cecília Meireles. Ingressos a R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia) à venda na bilheteria da Sala ou pelo site Ingresso Rápido: https://www.ingressorapido.com.br/event/8254/d/35644

“É um deleite trazer para o palco artes que se harmonizam tão bem. Manuel Bandeira é autor da letra de um movimento das Bachianas nº 5, a ‘Dança do Martelo’. Os ícones argentinos Borges e Piazzolla escreveram canções em parceria. Apresentaremos ‘El Tango’ e ‘Poema Buenos Aires’, na ‘casa’ de Cecília Meireles, a poeta que amava música”, explica Rutigliano, mentor do espetáculo. No texto da inauguração da Sala Cecilia Meireles, o crítico Walmir Ayala explica a escolhe do nome da sala de música de câmara: “Em poucos momentos de sua história a poesia brasileira foi tão concebida sobre a música como na obra de Cecília Meirelles. (...) Raramente a palavra foi tanto harmonia, ritmo, afinamento.”

REPERTÓRIO – O universo musical de Villa-Lobos apresentado nessa noite traz inspiradores e inspirados pelo maestro. Inicia com “Terra Idílica”, de Rutigliano, seguida das “Bachianas nº 5”, as “Bachianas nº 2” de Villa-Lobos, depois “Odeon” e “Brejeiro” de Ernesto Nazareth. Em 1920, Villa-Lobos dedicou a Nazareth a composição “Choros Nº 1, para Violão”, dois anos depois, Nazareth retribuiu dedicando-lhe “Improviso”. Segue com “Moto Contínuo” e “Remexendo” de Radamés Gnattali, que dava tratamento sinfônico a arranjos populares, fechando com “Passarim”, de Tom Jobim, que em entrevista assumiu: “Villa-Lobos e Debussy são influências profundas na minha cabeça”.

No universo musical de Piazzolla serão apresentadas “Pulsación No. 1”, “Oblivion”, “Invierno Porteño”, “La calle 92” e a mítica “Triunfal”, a composição que Piazzolla apresentou à professora erudita Nadia Boulanger e a fez convencê-lo de que seu futuro era o tango e não a música clássica. “Romance de Barrio”, de Anibal Troilo, também bandoneonista e compositor com quem Piazzolla trabalhou na juventude, e as autorais de Rutigliano, “Ditirambo” e “Lírios” fecham a cortina.

Roberto Rutigliano, baterista argentino residente no Brasil há 30 anos, é compositor, arranjador e líder de vários projetos instrumentais. Chegou ao Brasil em 1988 e desde então divide o palco com alguns dos maiores nomes da música instrumental do Rio de Janeiro e de Buenos Aires, sua cidade natal. No Rio, tocou com Odette Ernest Dias por mais de 10 anos e gravou com o grupo Xekerê três discos instrumentais; atualmente, desenvolve um trabalho em duo de música de câmara com Fernanda Canaud e participa ativamente na cena do jazz carioca. Junto com Nivaldo Ornelas desenvolve o projeto “Afro Coltrane”.

ROTEIRO

Universo Villa-Lobos

Paulo Sergio Santos (clarinete)

Fernanda Canaud, piano

Caio Marcio, violão

Roberto Rutigliano, bateria





Universo Piazzolla

Grupo Tango Jazz

Marcio Sanches, violino

Alexandre Carvalho, guitarra

Facundo Estefanell, contrabaixo

Marcelo Martins, sax

Roberto Rutigliano, bateria



SHOW: DE VILLA-LOBOS A PIAZZOLLA

DATA: 27 de julho - sexta

HORA: 20h

DURAÇÃO: 2 sets de 45 minutos com intervalo de 15 minutos

LOCAL: Sala Cecília Meireles – Largo da Lapa, 47 - 2332-9223

LOTAÇÃO: 835 lugares

FAIXA ETÁRIA: LIVRE

INGRESSOS: Ingressos a R$ 40 (inteira), R$ 20 (meia)

VENDA: bilheteria da Sala ou Ingresso Rápido: https://www.ingressorapido.com.br/event/8254/d/35644

Nenhum comentário:

Postar um comentário