• Últimas Notícias

    Redes sociais são as ferramentas eletrônicas mais utilizadas no relacionamento com clientes pelo comércio

    Pesquisa da Fecomércio RJ aponta que 60% do comércio fluminense usa a internet para se relacionar com os clientes. Facebook, WhatsApp e Instagram são as redes sociais mais usadas


    Pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio RJ), realizada em estabelecimentos comerciais de todo o estado, mostra que 60% das empresas pesquisadas têm algum tipo de canal de relacionamento com o cliente pela internet. O percentual chega a 85% nos médios e grandes comércios.

    De acordo com o levantamento, as redes sociais mais usadas são o Facebook, WhatsApp e Instagram. A pesquisa mostra que o comércio varejista vem se adaptando às mudanças de hábito dos consumidores. A apuração foi feita com aproximadamente 2 mil estabelecimentos do comércio varejista de todo o Estado do Rio.



    Entre os comerciantes que utilizam alguma ferramenta no negócio, a maior parte (53%) tem perfil no Facebook. Em seguida, 32% dos entrevistados disseram usar e-mail ou website (32% cada). O aplicativo de mensagens WhatsApp foi citado por 31% dos empresários como canal de relacionamento com os clientes. Já o Instagram, teve 20% de citações. Neste item, os entrevistados podiam citar mais de um canal.

    Para 95% dos entrevistados, a utilização destas ferramentas eletrônicas é importante para o desenvolvimento do seu negócio (50% consideram muito importante e 45%, importante). Para apenas 5% não houve diferença ou não souberam mensurar. Entre as médias e grandes empresas do comércio o percentual de importância chega a 98%. A maioria dos comerciantes (35%) disse que usa canais online há mais de cinco anos, e 15% afirmou usar há menos de um ano. 



    Dentre as principais finalidades do uso das ferramentas, 52% responderam ser para divulgação. Já para 32% dos entrevistados a finalidade vender algum produto. Para este grupo, 49% realizam contato pós-venda com o cliente via canais eletrônicos.

    Entre os estabelecimentos que não possuem canais de relacionamento eletrônico, 12% afirmaram não ter verba para este fim, seguido daqueles que afirmaram não considerar o custo-benefício atraente e não ser importante estar na internet (7% cada), além de 5% que disseram não ter conhecimento técnico para adotar estas tecnologias.

    Nenhum comentário