• Últimas Notícias

    Museu Histórico da Cidade recebe obras de artistas que pintam com a boca e os pés


    A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, inaugurou na tarde desta quinta-feira, 21 de março, a exposição “Corpo de Fuzileiros Navais, Inclusão e Arte”, no Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro. A mostra é composta exclusivamente por 27 obras de pintores da Associação de Pintores com a Boca e os Pés (APBP). Com temática naval, as telas reproduzem fotos de militares durante uma missão de paz realizada no Haiti. A exposição é organizada pelo Comando-Geral do Corpo de Fuzileiros Navais com o apoio da Secretaria de Cultura.

    Cerca de 50 pessoas compareceram à cerimônia, que contou com artistas pintando, ao vivo, alguns quadros. Pintor desde que sofreu um acidente em uma cachoeira, há 25 anos, Marcelo Cunha, 49, ilustrou uma militar ajudando uma criança durante a missão no exterior. "Eu estive aqui pela última vez aos 20 anos, quando ainda andava, e retornar a este museu foi muito especial, por eu estar numa nova fase da minha vida. Uma fase de superação que acontece a cada dia. Uma fase de integração à sociedade. O objetivo é compartilhar com o maior número de pessoas essa mostra que aborda a preocupação social", afirmou Marcelo, que tem formação em desenho publicitário.

    A exposição “Corpo de Fuzileiros Navais, Inclusão e Arte” fica em cartaz no Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro entre os dias 21 de março e 23 de junho.

    Atualmente, a APBP conta com 14 pintores no Rio de Janeiro. Fundada em 1956, a Associação é uma organização internacional, que tem como propósito promover a inclusão de artistas que perderam a capacidade de uso de suas mãos - por nascença, acidente ou doença - e que pintam com a boca e os pés. Além das obras de arte e as participações em exposições, os associados costumam ministrar palestras e fazer demonstrações de pintura. É a partir dessas obras, que são vendidas em formato de cartão-postal ou calendário, que os associados arrecadam os recursos e conquistam sua autonomia financeira.


    Serviço

    De 21 de março a 23 de junho - Terça a domingo, das 10h às 17h

    Museu Histórico da Cidade do Rio de Janeiro - Estrada Santa Marinha, s/nº, Gávea.

    Entrada gratuita

    Classificação: livre

    Nenhum comentário