• Últimas Notícias

    Pavibloco celebra 20 anos e se firma como maior fabricante de pré-moldados em concreto do Estado do Rio de Janeiro



    Há 20 anos no mercado de pré-moldados em concreto, a Pavibloco é hoje uma das principais fabricantes do setor no país. Referência no segmento, a empresa oferece soluções para a construção civil, disponibilizando os melhores produtos e serviços aliados a um completo suporte logístico e o maior estoque do Estado do Rio.

    A Pavibloco possui duas fábricas situadas no Rio de Janeiro. A unidade de Santa Cruz está instalada em uma área de 65.000 m2, e a de Japeri, criada em 2010, funciona em uma área de 200.000 m2. Ambas produzem blocos estruturais, pisos intertravados, meio fio e pisos permeáveis que podem ser usados em alvenaria e pavimentação de obras de infraestrutura, residenciais e comerciais.

    Os produtos e matérias primas usados pela Pavibloco em seu processo produtivo passam por um rigoroso controle de qualidade, com ensaios em laboratórios próprios e independentes. O resultado desse trabalho de excelência são os Selos de Qualidade concedidos à marca pela Associação Brasileira de Cimento Portland e Caixa Econômica Federal - Selo PBQP.

    Com perspectivas de reaquecimento do mercado da construção civil, a empresa espera um crescimento a partir do segundo trimestre de 2019, superando a marca de 10 milhões de unidades de blocos e pisos intertravados produzidas em 2018. Além disso, com lançamentos de novos produtos previstos para o segundo semestre de 2019, a Pavibloco espera aumentar em 5% seu market share.

    Com mais de 600 clientes em toda a cadeia construtiva, que vão desde grandes construtoras, passando por revendedores e arquitetos, até o consumidor final, a Pavibloco está presente em empreendimentos importantes no estado do Rio de Janeiro. Entre eles estão o Maracanã, Parque Olímpico, Condomínio Ilha Pura, Parque de Madureira, Porto Maravilha, Ampliação Projac - Rede Globo, Galpão Industrial GLP - Duque de Caxias, além de diversas construções residenciais e comerciais.

    Nenhum comentário