• Últimas Notícias

    NADIA AGUILERA EXPÕE NO ESPAÇO CULTURAL CORREIOS NITERÓI


    A mostra “Assim como aqueles que buscam” abre em 20 de julho, com curadoria de Lia do Rio.

    A partir de colagens sobre lona impressa, artista reflete sobre a vida nos grandes centros urbanos, entre a opressão e a expectativa.

    Nadia Aguilera expõe a partir do dia 20 de julho, no Espaço Cultural Correios Niterói. Na mostra “Assim como aqueles que buscam” a artista reúne cerca de 25 colagens, com base em fotografia. Sobre suporte de lona impressa, as obras de Aguilera remetem à vida nas grandes cidades, com seu emaranhado de fios e arranha-céus, onde algo está prestes a ocorrer. A mostra fica em cartaz até 22 de setembro, com curadoria de Lia do Rio e entrada franca.

    A partir do recorte de fotografias pinçadas de livros, revistas ou jornais antigos, Nadia Aguilera cria inusitadas paisagens urbanas, montadas sob um frágil e estranho equilíbrio. Suas colagens recriam ambientes urbanos caóticos, numa atmosfera entre a opressão e a expectativa. Num jogo de ‘ressignificados’, o trabalho dela parte da desconstrução de algo que já se apresentava como certo, podendo se transformar em outra coisa agora e também no momento seguinte. “Por meio da colagem quero mostrar o que poder ocorrer no instante imediato. Meu enfoque é esse suspense anterior ao movimento seguinte”, conta a artista.

    Segundo Lia do Rio, Nadia Aguilera faz uso de uma técnica mista na qual o desenho, a pintura e a colagem remetem a um tempo em suspensão, como na vivência de um sonho ou recordação. “Objetos e imagens aparecem em meio a arquiteturas urbanas idealizadas, enquanto personagens, por não terem com o que se relacionar concretamente, passam a fazer parte de momentos nos quais algo parece estar sempre prestes a acontecer. A dissociação entre as situações criadas dá ensejo a expectativas não cumpridas”, diz a curadora.



    SOBRE NADIA AGUILERA



    Nascida em Niterói, no Rio de Janeiro, Nádia iniciou-se na arte visual por meio de pintura em tela. Licenciou-se em ciências biológicas e em administração de empresas, desenvolvendo sua carreira como professora. Em 2004, paralelamente à sua atividade profissional, passou a frequentar cursos de desenho e de pintura, tendo como orientadores Lia do Rio (Galeria OKO Arte Contemporânea, RJ), Luiz Ernesto Moraes (Escola de Artes Visuais do Parque Lage, RJ), Augusto Souza Rodrigues (Souza Rodrigues Atelier, RJ), Katie Van Scherpenberg (Atelier, RJ) e Araken Hipólito. A partir de 2015, participou de coletivas no Centro Cultural Light (RJ), na Galeria Arte Solar (RJ), na Galeria Oko (RJ) e na Galeria do Poste (Santa Teresa/RJ). Realiza sua primeira individual no Espaço Cultural Correios Niterói.



    OUTRAS EXPOSIÇÕES M CARTAZ NO ESPAÇO CULTURAL CORREIOS NITERÓI

    ComTemplo, de Ana Biolchini - Até 10 de agosto

    Grande instalação que ocupa toda a Galeria I, localizada no andar superior do Espaço Cultural Correios Niterói. Dessa forma, temos uma obra “site specif”, que foi criada especialmente de acordo com o ambiente e com o espaço. A mostra “ConTemplo” é um trabalho planejado, em que os elementos esculturais dialogam com o meio circundante, para o qual a obra foi elaborada.



    Seres, de Jaime Acioli - Até 03 de agosto

    Além de estudar as magníficas formas da natureza, o fotógrafo Jaime Acioli trata cada planta fotografada como um ser e não simplesmente como forma. O resultado é um conjunto de seres minúsculos, muitas vezes não vistos pela maioria das pessoas, ampliados para a dimensão humana e com a altivez de um ser retratado. A mostra "Seres" tem como inspiração o trabalho “Art Forms in Nature”, do fotógrafo alemão Karl Blossfeldt.

    Pintar para imortalizar, Coletiva Atelier Baluarte - Até 03 de agosto

    A mostra tem como intenção principal emitir um alerta geral ao ser humano que vive em constante confronto com a natureza, transpondo para as telas o que talvez no futuro próximo já não exista mais. A ideia surgiu da observação profunda, da enorme quantidade de animais que estão entrando na lista de extinção, listagem essa que se estende cada vez mais, à medida que o tempo passa e que nós, seres humanos, continuamos insensíveis ao fato de que eles também fazem parte da nossa existência.

    Luzes do som, de Luisa Vergara - Até 20 de julho

    Exposição apresenta a visão da fotógrafa Luisa Vergara das relações sob as luzes dos shows. Assim como a luz é a essência da fotografia, em um registro a parte técnica permite que capturamos um instante, mas é a intensidade presente na composição que faz com que sejamos capaz de sentir as notas através de uma imagem. Um grito, um solo, uma batida. Está tudo ali guardado em cada pixel.



    SERVIÇO

    Exposição de arte visual
    Artista: Nadia Aguilera
    Título: “Assim como aqueles que buscam”
    Curadora: Lia do Rio
    Abertura: 20 de julho de 2019, sábado, às 15h
    Período expositivo: 22 de julho a 22 de setembro de 2019
    Visitação: segunda a sábado, das 11h às 18h (exceto feriados)

    Local: Espaço Cultural Correios Niterói
    Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, 481- Centro (em frente à estação das barcas) – Niterói
    Entrada franca
    Tel.: 21 2503-8550 / 8560
    www.correios.com.br

    Nenhum comentário